Foz do Iguaçu pode ser a primeira cidade a integrar todo sistema para abertura e licenças empresariais no Paraná

A Prefeitura de Foz do Iguaçu vai agilizar a implantação da segunda fase do Destrava Foz, o que pode garantir a posição como a primeira cidade do Paraná a integrar todo sistema de licenças para abertura de empresas. Com a primeira fase, Foz já ficou entre as oito cidades que trabalharam no projeto piloto no Estado.

“A expectativa é que esta etapa transforme Foz em umas das melhores e mais ágeis cidades do estado nos processos de abertura e licenciamento municipais”, afirma o prefeito Chico Brasileiro.

O consultor do Sebrae-PR, Marcelo Padilha, explica que a segunda fase do DestravaFoz além de estar focada na emissão mais rápida das licenças, nas autorizações e funcionamentos empresariais, também vai fazer algumas adequações para tratar da agilidade na abertura de empresas. “Nós somos uns dos municípios mais rápidos do país em abertura de empresas e com essa nova etapa, com a integração dos sistemas permitindo a celeridade na emissão de licenças, subiremos ainda mais neste ranking “, disse.

Hoje o Empresa Fácil, por meio da Rede SIM, integra parcialmente a Receita Estadual e o Corpo de Bombeiros. Nesta nova fase, será realizada a integração total dos processos municipais, principalmente a licença ambiental e licença sanitária. Com isso a Empresa Fácil será um portal único de comunicação de dados para abertura de empresas e licenciamentos.

“Estamos muito otimistas, trabalhando para que essa ação de continuidade do Destrava Foz aconteça o quanto antes. Com sua efetivação o sistema estará totalmente integrado, reafirmando a proposta de simplificação e desburocratização nos processos empresariais”, disse Salete Horst, secretária municipal da Fazenda.

Trabalho conjunto

O secretário da Transparência e Governança e presidente do Sincofoz, Leandro Corrêa, reitera que o êxito do projeto é resultado do trabalho conjunto da prefeitura, Acifi, Sebrae, sindicato dos contadores, servidores e entidades que integram o comitê gestor de desenvolvimento. “Todo esforço direcionado ao crescimento econômico se desdobrou na criação do protocolo digital, renovação automática de alvarás e atualização de diversas leis que se faziam necessárias”.

Segundo Chico Brasileiro, Foz do Iguaçu pode ser a primeira cidade do Paraná a integrar totalmente o sistema de licenciamentos empresariais.”Essa ação vai atrair mais investimentos e melhorar ainda mais o ambiente de negócios para micro pequenas empresas. Os esforços são para que o projeto avance cada vez mais e para que continue como referência de instalação de novos negócios”.

DestraFoz

O DestravaFoz simplificou os procedimentos para abertura, alteração de licenças e baixas de empresas. “O Destrava Foz desburocratiza os processos, principalmente de licença e instalação das empresas, levando transparência aos procedimentos de regularização de atividades no município”, adianta Elizangela de Paula Kuhn, empresária contábil.

A ação, que rompeu os entraves burocráticos, elevou o reconhecimento nacional de Foz como a quarta cidade mais rápida do país na abertura de novas empresas, segundo levantamento do Ministério da Economia.