Noticias da Triplice fronteira

362

362

Cidade Itaipu Notícia

Prefeito destaca segunda fase do Capacita Foz

Chico Brasileiro lembra ainda que o Capacita Foz se soma ao Foz Conhecendo Foz, lançado em janeiro, que possibilita aos motoristas e guias de turismo regressem ao trabalho e ainda oferece aos moradores visita aos atrativos turísticos

O prefeito Chico Brasileiro destacou nesta segunda-feira, 12, o lançamento da segunda fase do programa Capacita Foz, que será ampliado para atender 1,5 mil profissionais de turismo de Foz do Iguaçu. “Esse é um dos três convênios custeados pela Itaipu Binacional com o foco principal na assistência aos iguaçuenses durante esta pandemia”, disse Brasileiro, que citou outras duas ações que preveem auxílio financeiro às entidades e compra de cestas básicas para distribuição às famílias afetadas pela pandemia.

“Há um conjunto de ações com apoio da Itaipu, do setor produtivo, dos governos estadual e federal e dos próprios moradores de Foz do Iguaçu, sensíveis e preocupados com o que mais necessário neste momento, além da vacina e o atendimento às pessoas com covid-19, que é a questão da comida e de auxiliar até financeiramente as famílias que mais precisam desse tipo de apoio”, completou.

Chico Brasileiro lembra ainda que o Capacita Foz se soma ao Foz Conhecendo Foz, lançado em janeiro, que possibilita aos motoristas e guias de turismo regressem ao trabalho e ainda oferece aos moradores visita aos atrativos turísticos. São 352 profissionais cadastrados – 202 guias, 101 motoristas de vans escolares e 49 motoristas de vans de turismo. Mais de 2.300 iguaçuenses foram atendidos nos passeios.

O Foz Conhecendo Foz atualmente é coordenado pela prefeitura com o apoio da Câmara de Vereadores, Liga Independente dos Guias de Turismo, Cooperativa de Transporte e Turismo Alternativo, Sindicato dos Proprietários de Veículos no Transporte Escolar, e parceria com Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, Itaipu Binacional e Cataratas do Iguaçu.

Bolsa de estudos

Já o Capacita Foz vai ampliar de 150 para 1,5 mil profissionais do turismo que serão atendidos por dois anos. A Itaipu vai aportar R$ 3,32 milhões e o programa terá bolsa de estudo de R$ 550 mensais. Será feito um mapeamento dos profissionais em situação mais vulnerável, a partir de um levantamento da Secretaria Municipal de Assistência Social.

O Instituto Polo Internacional Iguassu, coordenador do programa, vai criar uma plataforma de capacitação, divulgação e oferta de serviços desses profissionais. O foco é a geração de renda e formação continuada.

O treinamento com as bolsas de estudo vai atender recepcionistas, mensageiros, camareiras, garçons, motoristas de aplicativos, prestadores de serviços na área de eventos, artesãos, transporte turístico e pequenos produtores rurais, entre outros.

“Temos ações que vão de campanhas de arrecadação de alimentos, que têm a participação da prefeitura, OAB e Caritas, até a distribuição de cestas básicas, compradas pela prefeitura e doadas pela Itaipu; o auxílio emergencial do governo federal; e o apoio do governo do Estado às pequenas empresas e empreendedores. É um conjunto de ações de todos que estão preocupados com este momento da pandemia”, completou Chico Brasileiro.

1 COMMENTS

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *