Noticias da Triplice fronteira

362

362

Cidade Destaque Geral Notícia Saúde Segurança

Fiscalização de festas clandestinas em Foz será intensificada no Carnaval

Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) será reforçada para evitar aglomerações e garantir cumprimento dos decretos em vigência

Os trabalhos da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) serão reforçados no período de Carnaval para coibir festas clandestinas e aglomerações em Foz do Iguaçu. A medida visa também garantir o cumprimento do toque de recolher determinado pelo Governo do Estado, da meia-noite às 5h.

Na manhã desta sexta-feira, 12, os representantes da AIFU, que na Prefeitura conta com apoio da Secretaria Municipal da Fazenda, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e Defesa Civil, reuniram-se para definir as estratégias para o período entre sábado e terça-feira de Carnaval – 13 a 16 de fevereiro.

“O aumento exponencial de casos de Covid-19, principalmente entre os jovens, traz muita preocupação às nossas autoridades sanitárias. Buscando diminuir a incidência de casos, reforçaremos, por meio da AIFU, as fiscalizações para inibir os desrespeitos aos decretos”, comentou o secretário municipal de Segurança Pública, Reginaldo José da Silva.

O descumprimento das determinações estabelecidas pelo Poder Público, destinadas a evitar a propagação da Covid-19, poderá acarretar multas de R$ 91,61 a R$ 9161 para pessoas físicas e jurídicas, além de outras medidas, como a suspensão ou cassação de licença de funcionamento de estabelecimentos que estejam em desacordo com as determinações legais.

Por meio dos telefones 153, 199 e 190, a população pode fazer as denúncias sobre festas clandestinas e aglomerações.

Balanço

Desde o início da pandemia em Foz, as fiscalizações da Prefeitura já fecharam 140 locais por descumprimento das regras sanitárias. Mais de 118 multas também foram aplicadas no período. Ao todo, foram feitas 9.466 – a maioria a partir das denúncias feitas pela população.

AIFU

Integram a AIFU, além da Prefeitura, a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Vara da Infância e Juventude e Conselho Tutelar.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *