Noticias da Triplice fronteira

362

362

Cidade Destaque Geral Notícia Saúde

Poliambulatório do Porto Meira faz 944 procedimentos em dois meses

Prefeitura também tem intensificado esforços para realização de raio-x; em 24 dias foram feitos 1.030 exames

Pouco mais de dois meses após a retomada dos pequenos procedimentos e cirurgias de baixa complexidade pelo Poliambulatório Nossa Senhora Aparecida, no bairro Porto Meira, 944 pequenas cirurgias foram realizadas. O dado comprova o bom resultado do convênio entre a Fundação Municipal de Saúde e a Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu.

Foram 467 procedimentos em novembro, 148 em dezembro e, em janeiro, 329. “Estes procedimentos demandam apenas anestesia local, com altas no mesmo dia. Esse tipo de cirurgia ambulatorial proporciona maior segurança e retorno rápido do paciente ao seu ambiente familiar”, explica o diretor da Fundação, Sergio Fabriz.

Fabriz destacou que, nesses dois meses, o Poliambulatório passou a realizar procedimentos como remoção de lipoma, cisto, vasectomia, lesão de pele, escarificação e cauterização, tumoração, fibroma, corpo estranho, entre outros.

Segundo o diretor, o Poliambulatório aguarda o recebimento de dois monitores para iniciar também os procedimentos de otorrino e amigdalectomia. “Estamos adquirindo os equipamentos necessários para a realização de uma força-tarefa para zerar a fila de espera por procedimentos de amigdalite”.

Segundo a enfermeira Giovani Aprigio, os pacientes têm destacado o atendimento humanizado e a agilidade no atendimento. “Tivemos um caso em que o paciente saiu da consulta e, depois de algumas horas, recebeu o retorno da nossa equipe para fazer o procedimento”.

A enfermeira ressaltou ainda que todas as medidas e boas práticas de segurança para prevenção contra o coronavírus vêm sendo seguidas rigorosamente no espaço.

Raios-X

A Prefeitura também tem intensificado esforços para acelerar os exames de raio-x, um dos setores mais afetados por conta da pandemia. Em 24 dias, foram feitos 1.030 exames, de uma fila de espera com 6 mil pessoas.

“A prioridade absoluta tem sido o atendimento das pessoas que estão à espera desse exame. Estamos trabalhando intensamente para zerar essa fila o quanto antes”, destacou a secretária municipal de Saúde, Rosa Jeronymo.

Cirurgias eletivas

Em virtude do aumento de casos confirmados de Covid-19 no Paraná, a Secretaria Estadual de Saúde determinou a suspensão das cirurgias eletivas (aquelas que são agendadas previamente) nas redes do Sistema Único de Saúde (SUS) e também particular, em todo o Paraná.

O atendimento de urgência e emergência, como traumas causados por acidentes e complicações de outras doenças, continuam sendo feitos no Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *