Noticias da Triplice fronteira

362

362

Cidade Destaque Geral Notícia

Itaipu e governo do Estado formalizam acordo e aceleram obras na Estrada Boiadeira

Cerimônia no distrito de Santa Elisa, em Umuarama, na sexta-feira (5), vai reunir o governador Carlos Massa Ratinho Júnior, o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, e autoridades locais e estaduais.

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, e o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna, formalizam na próxima sexta-feira (5), em Umuarama (PR), o convênio para a revitalização de trechos da rodovia BR-487, também conhecida como Estrada Boiadeira, que liga o Estado ao Mato Grosso do Sul. A cerimônia está marcada para as 10h, no acesso ao distrito de Santa Elisa.

A obra é uma antiga reivindicação da região Noroeste do Estado e faz parte do projeto da futura Rota Bioceânica, que permitirá a conexão rodoviária dos portos brasileiros, no Oceano Atlântico, com o porto de Antofagasta, no Chile (Oceano Pacífico).

O custo da restauração será de aproximadamente R$ 260 milhões, sendo R$ 223,8 milhões financiados pela margem brasileira de Itaipu. O convênio autoriza o repasse dos recursos da binacional para o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado (DER-PR), que recebeu a gestão da obra do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Estão previstas melhorias entre o distrito de Porto Camargo e Icaraíma; a construção de um contorno em Icaraíma (para desviar o fluxo de veículos pesados da cidade); e a pavimentação do traçado original da Boiadeira, de Icaraíma ao distrito Serra dos Dourados, já em Umuarama – incluindo a construção de outro contorno, de 4,5 quilômetros, em Santa Elisa. No total, o investimento contempla 46 quilômetros de rodovias. Alguns trechos já estão em obras.

A formalização do convênio deve acelerar a liberação dos recursos e dar mais velocidade aos trabalhos, com a contratação de até 250 trabalhadores. A previsão é que as obras estejam concluídas no início de 2022.

De acordo com o general Joaquim Silva e Luna, os investimentos atendem às diretrizes do governo federal e foram viabilizadas a partir de uma mudança no perfil de gestão da empresa, implantada pela atual direção, com foco na austeridade e transparências dos gastos.

“Empregar recursos públicos exige transparência, responsabilidade, planejamento, metas, prazos, acompanhamento e entregas. Estamos atentos para que as obras sejam entregues com qualidade e dentro do prazo previsto”, afirma Silva e Luna.

A expectativa dos usuários é que as obras tragam mais conforto e segurança à Estrada Boiadeira, melhorem o escoamento e barateiem o frete dos produtos da região, além de atrair novos investimentos. O asfalto novo também poderá evitar desvios de até cem quilômetros que motoristas de caminhão que vêm do Mato Grosso do Sul são obrigados a fazer para evitar a estrada de terra.

As obras vão ainda facilitar o acesso da região à cidade de Porto Murtinho (MS), onde será construída uma nova ponte internacional entre Brasil e Paraguai, sobre o Rio Paraguai, com recursos da margem paraguaia de Itaipu.

Pacote de obras

A revitalização da Estrada Boiadeira faz parte de um conjunto de obras financiadas pela margem brasileira de Itaipu que, juntas, já somam mais de R$ 2,4 bilhões em investimentos. Na lista, estão desde a construção de ciclovias e pistas de caminhadas até a execução de obras estruturantes, como a Ponte da Integração Brasil-Paraguai (entre Foz do Iguaçu e Presidente Franco), a ampliação do Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), a duplicação da BR-469 (a Rodovia das Cataratas), a ampliação da pista do Aeroporto Internacional do Iguaçu e novos contratos para a modernização do setor elétrico brasileiro.

Outras obras importantes patrocinadas pela Itaipu na região, em parceria com o governo do Estado, são os contornos de Guaíra e Cascavel e a revitalização da Ponte Ayrton Senna, em Guaíra, principal ligação do Estado com o Mato Grosso do Sul. “São investimentos que abrem novas frentes de emprego, essenciais nesta fase da economia, e melhoram o perfil da região”, diz Silva e Luna.

Bolsonaro em Cascavel

Um dia antes da cerimônia em Umuarama, o general Joaquim Silva e Luna participa da inauguração do Centro Nacional de Treinamento de Atletismo (CNTA), em Cascavel. A solenidade está prevista para as 9h30, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, ministros e outras autoridades nacionais e estaduais.

Foto: Marcelo Uliana/Diretoria de Coordenação Itaipu.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *