Noticias da Triplice fronteira

362

362

Destaque Geral Notícia Saúde

Médicos de CDE precisam escolher qual paciente vai para UTI

Falta de leitos de UTI é resultado do aumento de casos de Covid-19 no departamento de Alto Paraná.

O aumento de casos de Covid-19 no departamento paraguaio de Alto Paraná nas últimas semana está resultando no colapso do sistema de enfretamento à pandemia nos hospitais de Cidade do Leste, na fronteira com Foz do Iguaçu.

De acordo com a presidente da Associação de Médicos do Alto Paraná, Idalia Medina, com a falta de leitos os profissionais estão escolhendo quem será internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Os pacientes já esperam e se há algum com comorbidade e outro jovem sem, obviamente será preciso escolher qual paciente entra e qual não, na terapia intensiva”, disse a médica em entrevista a rádio Universo 970 AM.

Idalia ressalta que o sistema de saúde no Alto Paraná a beira do colapso e que ampliar o número de leitos de UTI neste momento não é a solução, sendo que não há mais especialistas disponíveis no país.

“Estra em uma unidade de cuidados intensivos não é apenas estar conectado aos aparelhos. Se hoje aparece cinco pessoas precisando de terapia intensiva e um é jovem, lastimosamente é ele que vai entrar. Chegam pacientes graves e não sabemos onde coloca-los”, contou dra. Idalia.

Com Radio Cultura

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *