Noticias da Triplice fronteira

362

362

Cidade Destaque Entretenimento Politica

Empresário Abdul Magib Said Rahal é o mais novo cidadão honorário de Foz

O Poder Legislativo de Foz do Iguaçu congratulou na manhã desta sexta-feira, 04 de dezembro, com Título de Cidadão Honorário Senhor Abdul Magib Said Rahal. A honraria é de iniciativa da vereadora Anice Gazzaoui, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao Município.

A proponente da homenagem destacou que ao homenageado: “A tua história é a nossa. Quando falei sobre o seu título para a comunidade árabe/libanesa todos os membros se sentiram contemplados. O senhor era muito amigo do meu pai e se ele estivesse vivo com certeza estaria hoje aqui conosco. Foz é quem ganha hoje. A bandeira de Foz é a sua, é a nossa causa”, disse a vereadora Anice.

Após receber o pergaminho das mãos da vereadora e o do vereador Elizeu Liberato, o filho do homenageado, Said, foi à tribuna externar seu agradecimento em nome do pai. “Agradeço em nome do meu pai. Ele nasceu no Líbano e adotou o Brasil como sua pátria, toda sua família foi constituída em Foz. Sua simplicidade e retidão proporcionaram muitos amigos, ele sempre se doou em tudo na vida. Viva Foz, o Paraná, o Brasil e sua gente”, disse Said Rahal.

História de vida

O empresário Abdul nasceu no Líbano e chegou em Foz do Iguaçu em 1959. Aos 23 anos de idade iniciou uma nova vida no nosso Município. Ele participou ativamente do desenvolvimento econômico da cidade e foi um dos fundadores da Mesquita Centro Cultural Beneficente Islâmico, hoje um dos principais pontos turísticos de Foz. No auge da época de exportação, Abdul foi um grande empresário da cidade.

Em Foz constituiu sua carreira e família. Casou-se em 1968 com Oumaya e teve cinco filhos: Moamar, Mahmud, Mohamed, Alia e Said. Ele também contribuiu em outros trabalhos para o município, foi um dos fundadores do Clube União Árabe, em 1962; foi vice-presidente da ACIFI, em 1977; foi um dos fundadores da Mesquita Omar Ibn Khatab, em 1987; foi presidente do Conselho de segurança de Foz do Iguaçu, em 1992 e também foi vice-presidente do Centro Cultural Beneficente Islâmico.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *