Noticias da Triplice fronteira

Destaque Últimas

Líbano ordena prisão domiciliar para autoridades do porto de Beirute, onde ocorreu a explosão

O governo libanês determinou nesta quarta (5) que as autoridades do porto de Beirute responsáveis pelas operações de armazenamento e segurança sejam colocados em prisão domiciliar. Diz a Folha de S.Paulo que não foi informado quantas pessoas serão alvo dessa medida.

A suspeita é de que a negligência dessas autoridades tenha contribuído para a megaexplosão ocorrida em Beirute na terça (4), que matou ao menos 135 e feriu mais de 5.000 pessoas.

O número de vítimas deve aumentar, pois são feitas buscas em meio aos
escombros e há suspeitas de que corpos foram lançados ao mar.

O governo atribuiu a tragédia ao armazenamento incorreto de 2.750 toneladas de nitrato de amônio, um fertilizante com alto poder explosivo.

O Brasil abriga uma grande número de cidadãos e descendentes de países árabes, especialmente do Líbano.

Foz do Iguaçu, na fronteira do Brasil com Paraguai e Argentina, tem a segunda maior concentração de árabes do país.

Continue lendo na Folha de São Paulo

LEAVE A RESPONSE