Noticias da Triplice fronteira

Cidade Destaque Geral Notícia

Dia dos Avós

No Dia dos Avós saiba um pouco mais sobre HPB e outras doenças do envelhecimento
No Dia dos Avós, 26 de julho, o Dr. Gustavo Cruz, médico urologista, fala sobre os cuidados com a saúde do aparelho urinário de homens e mulheres.

A expectativa de vida das pessoas no Brasil aumentou significativamente nos últimos 79 anos, e com ela aumentou também a incidência de doenças relacionadas ao envelhecimento, como por exemplo as doenças relacionadas ao aparelho urinário. Conforme dados da Tábua de Mortalidade do IBGE, de 2016, a expectativa de vida no país é de 75,8 anos, 30 anos a mais do que era em 1940, quando a expectativa de uma pessoa era de 45 anos em média.
Entre as doenças do envelhecimento do aparelho urinário, o médico urologista de Foz do Iguaçu, PR, Dr. Gustavo Cruz explica: “Várias doenças também podem ocorrer devido ao envelhecimento, no caso do homem com a chegada da andropausa e em relação às mulheres devido as reduções das taxas hormonais com a chegada da menopausa, que aumentam, por exemplo, as taxas de infecção urinária. O envelhecimento do homem é o principal fator de risco para a HBP, já que após os 45 anos de idade a próstata começa a crescer de maneira natural, apesar de ser uma condição benigna, é fundamental procurar por um médico.” Alerta o especialista.
Tratamento da HPB
A HPB acomete 50% dos homens com mais de 50 anos e 90% dos homens com mais de 90 anos. É uma doença comum e proporcional à idade do paciente. “No homem normal, a próstata pesa cerca de 20g, chegando a crescer aproximadamente 4g por década em indivíduos com HPB. Por se localizar logo abaixo da bexiga e envolver a uretra, a próstata aumentada pode comprimir a uretra, diminuindo o seu calibre e dificultando a passagem da urina. A urina estagnada favorece o aparecimento de infecções e cálculos renais. O crescimento nodular da próstata pela ação do hormônio testosterona trata-se de um aumento benigno, diferenciando-se do câncer”, explica Dr. Gustavo. As causas da HPB ainda são desconhecidas. Entretanto, vários fatores contribuem para o seu aparecimento tais como idade, histórico familiar, presença de níveis elevados de hormônios masculinos (testosterona) e alterações genéticas. O tratamento operatório da Hiperplasia Prostática Benigna – HPB – possuía várias modalidades, que escolhidas dependendo do tamanho da próstata: próstatas não tão grandes era indicada a cirurgia endourológica padrão (Ressecção Transuretral da Próstata – RTU), e no caso de próstatas maiores a cirurgia aberta ou a laparoscópica. A cirurgia da próstata por vídeo conhecida como Ressecção Transuretral da Próstata (RTU ), onde através de um sistema de micro-câmeras e uma alça de ressecção por corrente elétrica, é possível reduzir o volume prostático, retirando camadas (seccionando por pedaços) e alargando a passagem da urina (na uretra ), que antes estava comprimida pela Hiperplasia Benigna da Próstata ( HPB). Com a vaporização, há diminuição do volume da próstata sem a necessidade de cortá-la.

Veja outras doenças relacionadas ao envelhecimento para homens e mulheres:
Infecção Urinária
A Incontinência Urinária Feminina de Urgência
A Incontinência Urinária Feminina de Esforço
Incontinência Urinária Masculina de esforço
Incontinência Urinária Masculina de Urgência
Câncer de Bexiga
Pedras nos Rins
Disfunção Erétil
Hematospermia ou hemospermia
Câncer da Próstata

Por Assessoria

LEAVE A RESPONSE