Noticias da Triplice fronteira

Cidade Geral Notícia

Prefeitura de Foz vai disponibilizar mais 22 leitos hospitalares de retaguarda

Foz do Iguaçu vai disponibilizar 22 novos leitos hospitalares para atender casos de Covid-19. Os novos leitos deverão ser entregues na próxima semana. Os leitos terão equipamentos para, se necessário, ser transformado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A informação é do prefeito Chico Brasileiro.

“Foz está investindo e investindo muito, estamos construindo mais 22 leitos que poderão ser de UTI. Já conseguimos 12 respiradores junto ao Ministério da Saúde, em parceria com o deputado Vermelho. Foz do Iguaçu está preparada para dar assistência às pessoas” garantiu Chico.

Durante o anúncio da quarentena restritiva, o Governador Carlos Massa Ratinho Junior afirmou que o principal problema do estado é a falta de insumos e profissionais. No entanto, o prefeito afirmou que Foz tem ambos. “Nós estamos preparando, nesse período o Hospital Municipal fez treinamento de médicos e enfermeiros para entubação, fez treinamentos para técnicos, auxiliares, insumos também foram adquiridos” informou.

Além disso, o município vai aumentar a capacidade de testagem a partir desta semana com um novo equipamento adquirido para o Laboratório Municipal. “Desde ontem chegou a nova máquina para exames, e nós vamos passar de 200 para 400 exames diários, vai agilizar o resultado, vai agilizar o monitoramento dos casos confirmados” destacou Chico.

Segundo o prefeito, a preparação de Foz do Iguaçu permite que haja a possibilidade da cidade sair antes da quarentena restritiva. “Eu acredito que possa ter a possibilidade de sairmos antes. Mas vai depender do Governo do Estado, nós não vamos descumprir a determinação do estado” afirmou.

Chico ressalta que os números e as ações em Foz serão apresentados para o governo. “Vamos dialogar com o estado, vamos mostrar nossos números. A prefeitura está fazendo tudo para dar assistência às pessoas. Mas se vamos ficar 10 dias ou 14, vai ser uma decisão com o Governo do Estado” explicou.

Por Radio Cultura

LEAVE A RESPONSE