Acontece Na Fronteira

Noticias da Triplice fronteira Brasil – Paraguai – Argentina

Cidade Destaque Geral Politica Saúde

Governo inicia distribuição da segunda dose da vacina CoronaVac

Imunizante chegará a Regionais da Saúde por transporte terrestre, com caminhões refrigerados para manter as condições ideais de armazenamento. Serão distribuídas 132.779 doses da vacina CoronaVac, produzida em parceria com o Instituto Butantan.

O Governo do Paraná iniciou nesta terça-feira (2) a distribuição da segunda dose do primeiro lote das vacinas contra a Covid-19. Desta vez a carga será transportada via terrestre, por caminhões refrigerados que mantêm o imunizante nas condições ideais de armazenamento.

Serão distribuídas 132.779 doses da vacina CoronaVac, produzida em parceria com o Instituto Butantan. Ainda hoje e nos próximos dias serão atendidas as regionais de Paranaguá (1ª RS), Pato Branco (7ª RS), Francisco Beltrão (8ª RS), Foz do Iguaçu (9ª RS), Cascavel (10ª RS), Toledo (20ª RS) e os municípios da região de Curitiba.

A partir da próxima semana mais três caminhões iniciam as entregas das vacinas nas demais regionais do Estado, com três rotas definidas para Norte, Noroeste, Centro-Sul e Vale do Ivaí.

A primeira remessa do imunizante foi entregue para as regionais no dia 19 de janeiro e no dia seguinte (20) todos os 399 municípios já estavam com a quantidade de doses proporcional aos grupos elencados como prioridade para receber o imunizante neste momento.

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, destacou que a segunda dose é importante para garantir a eficácia da vacina e a proteção da população. “Estamos distribuindo de maneira organizada e muito segura a segunda dose da CovonaVac às nossas 22 Regionais, que estão organizando a logística de encaminhamento aos municípios”, disse. “Contamos com a boa conduta de todos para a aplicação ágil dessas doses”.

De acordo com o secretário estadual, apesar da velocidade de distribuição, é preciso otimizar ainda mais a aplicação das doses para proteger a população. “O Estado está fazendo a sua parte no que se refere ao armazenamento, transporte das vacinas e ao fornecimento dos insumos para a aplicação. Precisamos do apoio de todos os municípios para agilizar a aplicação dessas novas doses e avançar mais um passo”, acrescentou.

REGISTRO – A diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti Lopes, destacou que a segunda dose vai reforçar a importância do registro do vacinado nos sistemas de controle. “A partir da aplicação da segunda dose as pessoas do grupo de risco estarão mais protegidas contra a Covid-19. Por isso é muito importante que tenhamos todos os dados dessas pessoas. Estamos acompanhando de perto para encerrar os grupos elencados como prioritários e seguir ampliando a imunização para mais pessoas”, disse.

MONODOSES – As vacinas CoronaVac enviadas para aplicação da segunda dose fazem parte do primeiro lote de vacinas enviados ao Paraná pelo Ministério da Saúde (MS), no dia 18 de janeiro. São as vacinas que o Instituto Butantan importou da China e disponibilizou ao Governo Federal para encaminhar aos estados. Nesse lote os frascos são monodoses, ou seja, contêm apenas uma dose do imunizante.

IMUNIZAÇÃO – Até esta terça-feira (2) foram vacinadas no Paraná 158.780 pessoas com a primeira dose. As Regionais de Saúde que mais imunizaram em números absolutos foram Curitiba e Região Metropolitana (2ª RS), com 39.968 pessoas; Maringá (15ª RS), com 12.979; Londrina (17ª RS), com 12.393; Cascavel (10ª RS), com 11.259; Guarapuava (5ª RS), com 7.473; e Ponta Grossa (3ª RS), com 6.909.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *