Vereadora Anice apresenta Moção de Aplauso para profissionais da linha de frente da Covid

“Nossos heróis mascarados e vestidos de branco são mais do que merecedores de todas as homenagens possíveis”, disse a Vereadora

Como forma de homenagem aos heróis da saúde, a vereadora Anice Gazzaoiu (PL) apresentou na Câmara de Foz do Iguaçu uma Moção de Aplauso para os profissionais que atuam na linha de frente do combate à Covid-19. A proposição a ser votada em plenário nas primeiras sessões do mês foi protocolada no dia 28 de janeiro e recebeu assinaturas também dos vereadores Jairo Cardoso, Alex Meyer, João Morales, Edivaldo Alcântara e Valdir de Souza Maninho.
A moção cita os profissionais da linha de frente atuando em unidades como os hospitais Padre Germano Lauck, Ministro Costa Cavalcante, Unimed, Cataratas, as secretarias de Saúde do Município e do Estado (9ª Regional), da Itaipu e universidades como a Unila. “Todos os profissionais da saúde se dedicam incansavelmente para atender aos chamados dos doentes. Como a ciência não chegou à cura definitiva, esses profissionais tornaram-se o fio de esperança da humanidade”, escreveu a vereadora na Moção.

Anice considera de extrema relevância os trabalhos prestados pelos profissionais da Saúde de Foz do Iguaçu no enfrentamento da Covid-19.

“Nossos heróis mascarados e vestidos de branco são mais do que merecedores de todas as homenagens possíveis e imagináveis pelos serviços prestados em prol da saúde de todos os munícipes de Foz do Iguaçu e região”, declarou.

Esforço e grande dedicação
Anice destacou que em Foz do Iguaçu, “desde que surgiu o primeiro caso de Covid, os profissionais passaram a se dedicar diuturna e inexoravelmente aos cuidados dos pacientes afetados pela doença, ficando expostos ao risco maior de contágio em razão do contato direto com os pacientes”.
Completou dizendo que esses profissionais, “além de enfrentarem situações adversas, também passam por estresse extremo com carga elevada de trabalho, quase em isolamento social para evitar maior risco à família”. Para Anice, daqui para frente, o ensinamento de que “toda a vida tem seu valor”, de que a vida merece e tem que ser vivida “sem rancores e sem dores do passado”, serão mais bem absorvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *