Batalhão de Polícia de Fronteira faz maior apreensão de drogas de sua história

Operação retirou de circulação 12,7 toneladas de maconha em uma propriedade rural de Toledo, na Região Oeste. Ação contou com o apoio de um helicóptero da Casa Militar, que atende o governador, para transporte de tropa e sobrevoo no local.

O Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) realizou a maior apreensão de drogas de sua história em uma propriedade rural de Toledo, na Região Oeste. A operação foi nesta quarta-feira (13) e retirou de circulação 12,7 toneladas de maconha. Cinco pessoas foram presas. O BPFron destacou que a apreensão é a maior desde a criação da unidade, em 2012. O prejuízo ao narcotráfico com a apreensão é de cerca de R$ 13 milhões

Os policiais militares do batalhão contaram com apoio de um helicóptero da Casa Militar. A aeronave, que atende o governador Carlos Massa Ratinho Junior, foi aplicada para transporte de tropa e sobrevoo no local. Além de maconha, foram apreendidos carregadores para fuzil e R$ 3.500 em dinheiro.

 De acordo com o BPFron, as equipes estavam em patrulhamento quando viram a propriedade e suspeitaram de uma carreta. Policiais militares do Pelotão de Operações com Cães colaboraram com a vistoria no veículo e na sequência com uma varredura na propriedade. Durante a ação foi localizado o galpão que escondia dezenas de fardos de droga.

Ainda segundo informações do batalhão, um dos suspeitos que estava na propriedade tentou subornar os policiais militares para evitar a apreensão da droga, mas acabou preso. Ele e os demais envolvidos serão denunciados por associação criminosa e tráfico de drogas.

 A ação fez parte da Operação Hórus, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça, e contou com o apoio de órgãos federais e estaduais no combate a crimes transfronteiriços. Além do Batalhão de Polícia de Fronteira participam da Hórus a Polícia Federal, Receita Federal, Companhia de Comandos e Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), ambos da Polícia Militar do Paraná; o grupo Tigre da Polícia Civil do Paraná; o Bope da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul; a Força Nacional; e o Exército Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *