Argentina barra entrada de turistas brasileiros até 8 de janeiro

Para ingressar no país, argentinos e residentes precisam apresentar teste PCR com resultado negativo para covid-19, com tolerância de realização até 72 horas antes do voo.

A Argentina suspendeu a entrada de turistas brasileiros, uruguaios, chilenos, bolivianos e paraguaios a partir dessa 6ª feira (25.dez.2020). A medida vale até 8 de janeiro e também se aplica a viajantes de outros países com aumento de casos e mortes pela covid-19.

Para ingressar no país, argentinos e residentes precisam apresentar teste PCR com resultado negativo para covid-19, com tolerância de realização até 72 horas antes do voo. Aos que tiverem a entrada permitida, a recomendação é cumprir isolamento durante 7 dias. Os estrangeiros também devem apresentar um seguro de assistência médica internacional.

Preocupados com a nova cepa do coronavírus, que pode ser até 70% mais transmissível, a Argentina já havia interrompido a chegada e saída de voos para o Reino Unido. Agora, também suspendeu a chegada ou partida de voos para Itália, Dinamarca, Holanda e Austrália, devido à situação epidemiológica desses países. Agora, a proibição foi estendida para estrangeiros vindos do Brasil, Uruguai, Chile, Bolívia e Paraguai.

A Latam divulgou nota sobre as novas orientações. Informou que cabe à empresa apenas aplicar essas regras. “A companhia reforça ainda que os passageiros devem consultar antes de seu voo as constantes atualizações das exigências do país de destino da sua viagem, observando as regras e restrições para o seu embarque”, diz o texto.

Ainda de acordo com Latam, os passageiros afetados pela medida poderão optar pela remarcação da data do voo sem o pagamento de multa , o reembolso completo ou a remarcação para outro destino sujeito a diferença tarifária.

Fonte: Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *