PF apreende iate, helicóptero e joias do PCC no Paraná, São Paulo e Santa Catarina

Investigação mira lavagem de R$ 30 bilhões do Primeiro Comando da Capital.

A Polícia Federal desencadeou nesta quarta-feira (30) a Operação Rei do Crime, desarticulando a lavagem de dinheiro feita pelo grupo criminoso Primeiro Comando da Capital (PCC).

Foram 13 mandados de prisão preventiva e 43 de busca e apreensão, bloqueio de contas bancárias e interdição de 73 empresas, apreensão de 32 automóveis, 9 motos, 2 helicópteros, 1 iate, 3 motos aquáticas, 58 caminhões e 42 reboques e semirreboques, avaliados em R$ 32 milhões.

Os policiais cumpriram os mandados em residências e apartamentos luxuosos nas cidades de Curitiba, Londrina, Balneário Camboriú, São Paulo, Bauru, Igaratá, Mongaguá, Guarujá e Tremembé.

A investigação acredita que o PCC tenha movimentado cerca de R$ 30 bilhões no últimos dez anos.

Entre os presos está um condenado por envolvimento no furto ao Banco Central do Brasil, em Fortaleza, em 2005. os outros detidos são empresários do setor de combustíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *