“Golpe do nudes” faz vítimas em Foz; veja como evitar

Estelionatário cria perfil fake nas redes sociais e pede para vítima enviar fotos e vídeos nuas e depois faz chantagem para não divulgar as imagens.

Nos últimos meses estelionatários estão aplicando uma variedade de golpes em toda a região oeste. Entre esses golpes, está o chamado “Golpe dos nudes”. Nesta modalidade de golpe, o estelionatário cria um perfil fake nas redes sociais, adiciona a vítima e, após conversa, pede imagens da pessoa nua. Normalmente o criminoso utiliza fotos e dados de uma pessoa comum que não sabe que as suas fotos estão sendo utilizada por outras pessoas.

Após receber as fotos ou vídeos, o estelionatário passa a chantagear a vítima pedindo dinheiro para que as imagens não sejam divulgadas. Nos últimos dias foram registrados golpes desse tipo em Foz, além de ter ocorrido em outras cidades da região oeste. As vítimas são homens e mulheres.

A Polícia Civil emitiu uma série de dicas para evitar esse tipo de golpe.

“Orientações sobre o “GOLPE DOS NUDES”

A Polícia Civil esclarece que trocar (enviar ou receber) fotografias íntimas pela internet pode ser muito PERIGOSO. Atualmente, há inúmeros registros de ocorrências policiais dando conta que homens estão sendo vítimas de EXTORSÃO por parte de golpistas.

Entenda como funciona o golpe:

1. O perfil de uma mulher jovem (PERFIL FALSO) faz o convite de amizade na rede social Facebook.

2. Após o homem (vítima) aceitar o convite, ambos começam a trocar mensagens privadas.

3. Com o andamento da conversa, que ocorre tanto pelo Messenger como pelo aplicativo WhatsApp, ambos trocam fotografias íntimas, ou seja “os nudes”.

4. Pouco depois das fotografias enviadas, o PERFIL FALSO afirma que trata-se de uma adolescente (na maioria dos casos).

5. Nesse momento, a vítima recebe o contato de outro número, o qual se diz pai da adolescente. Na conversa, o criminoso promete denunciar o homem (vítima) para as autoridades, a não ser que pague pelo silêncio.

6. A partir daí, começa a EXTORSÃO. A vítima que, muitas vezes, teme ser presa ou até mesmo a exposição, acaba fazendo os depósitos das quantias em dinheiro solicitadas.

Que saber como não cair nesse golpe?

• Evite adicionar e conversar com perfis desconhecidos;

• Evite conversar com prefixos telefônicos desconhecidos;

• Não troque fotografias, que possam ter conotação íntima, através do WhatsApp ou Messenger;

• Jamais faça depósitos, transferências ou pagamentos para desconhecidos;

• Se for vítima de algum golpe, procure a polícia e registre ocorrência.

Por Radio Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *