Rapaz de 28 anos é a 24ª vítima de Covid-19 em Foz do Iguaçu

O paciente sofria de comorbidades como desnutrição, doença de Chron, imunodeficiência grave, insuficiência renal aguda, encefalopatia, pneumocistose e arritmia cardíaca e estava internado desde o dia 20 de maio no Hospital Ministro Costa Cavalcanti.

Foz do Iguaçu confirmou mais um óbito causado pela Covid-19 na tarde desta terça-feira, 21. A vítima é um homem de 28 anos de idade. A vítima sofria de comorbidades, incluindo desnutrição, doença de Chron, imunodeficiência grave, insuficiência renal aguda, encefalopatia, pneumocistose e arritmia cardíaca e estava internado desde o dia 20 de maio no Hospital Ministro Costa Cavalcanti.

Em nota, a prefeitura lamentou o falecimento:

O Governo Municipal lamenta informar o 24º óbito de paciente vítima da Covid-19, ocorrido na manhã desta terça-feira (21), em Foz do Iguaçu. Trata-se de um homem de 28 anos. O paciente estava internado no Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) desde o dia 20 de maio.

A vítima sofria de comorbidades, incluindo doença de Chron, imunodeficiência grave, insuficiência renal aguda, encefalopatia, pneumocistose e arritmia cardíaca. Ele procurou atendimento no HMCC apresentando sintomas como febre e confusão mental.

Desde o início da internação, o quadro do paciente evoluiu com piora progressiva do estado geral, além de outras infecções concomitantes. O exame RT-PCR foi coletado no leito do paciente, com diagnostico positivo para a Covid-19.

Devido à gravidade do estado de saúde, desde a internação ele necessitou de intubação orotraqueal e ventilação mecânica para suporte respiratório. Apesar de todo manejo clínico e esforço da equipe assistencial, que não mediu esforços para fornecer a melhor assistência possível, o paciente não resistiu, falecendo nesta terça-feira (21), às 6h17.

O Hospital Ministro Costa Cavalcanti é referência para pacientes cardiopatas, oncológicos e gestantes de alto risco.

O Governo Municipal e o HMCC se solidarizam com familiares e amigos neste momento de profunda dor e tristeza.

Por Radio Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *