Mulher assassinada no Portal era esposa de narcotraficante paraguaio

A mulher que foi assassinada na tarde deste sábado, 04, é esposa do narcotraficante paraguaio conhecido como Toma’i Rojas. O homem, identificado como Tomas Rojas Cañete, está preso em Tacumbu, na capital paraguaia Asunción. Ele foi condenado em 2015 a 25 anos de prisão por tráfico de drogas. A esposa, morta em Foz, também era procurada no Paraguai.

A princípio a mulher tinha sido identificada como Ramona Segóvia, brasileira natural do Mato Grosso do Sul. No entanto, o nome verdadeiro é Zulma Ramona Dévalos de Rojas, e tem nacionalidade paraguaia. A mulher foi indicada pela justiça paraguaia como contadora do tráfico no Paraguai e era considerada foragida. Ela foi morta nesta tarde com vários disparos de arma de fogo na residência onde morava no Portal da Foz.

Por Rádio Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *