Policial e advogada morrem vítimas de Covid; OAB e PM lamentam

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Polícia Militar (PM), por meio do 1º Batalhão de Ponta Grossa, emitiram nesta sexta-feira (26 de junho) notas lamentando duas mortes recentes por Covid-19 no Paraná.

No primeiro caso, a vítima foi um policial de 48 anos e que atuava em Piraí do Sul, na região dos Campos Gerais. José Siles Bemben, segundo familiares, tinha problemas cardíacos e precisou ser internado na Santa Casa de Ponta Grossa para realizar uma cirurgia. Contudo, acabou tendo complicações por ser portador de diabetes, acabou sendo infectado também pelo novo coronavírus (o resultado positivo do exame veio no último dia 9) e não resistiu.

O 1ºBatalhão de Polícia Militar de Ponta Grossa já prestou homenagens ao policial por meio das redes sociais. A Prefeitura de Piraí do Sul, por sua vez, disse “lamentar profundamente” a perda, prestando ainda condolências aos familiares.

“Por fim, reforça a necessidade da observância das recomendações protetivas e de segurança para o combate a pandemia, a exemplo da higienização constante das mãos com água e sabão, o uso de máscaras e de álcool gel e a permanência em casa, para todos que assim puderem”, diz ainda o município na nota divulgada em sua página.

Norma Regina Pinho Ribas

Já a OAB Paraná lametou o falecimento da advogada Norma Regina Pinho Ribas, 77 anos, ocorrido nesta quinta-feira (25/6), em Curitiba. Norma foi vítima da Covid-19.

Nascida em Paranaguá, Norma estabeleceu-se em Curitiba, onde atuou como professora e advogada. Formada em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), ela estava inscrita na seccional sob o número 5807, desde 1975.

As homenagens póstumas foram prestadas nesta quinta-feira na Necrópole Ecumênica Vertical. “À família e aos amigos, nossos sentidos pêsames”, escreve a OAB na nota.

Por: Bem Parana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *